-Поиск по дневнику

Поиск сообщений в pedrohenriqueros

 -Подписка по e-mail

 

 -Статистика

Статистика LiveInternet.ru: показано количество хитов и посетителей
Создан: 03.07.2018
Записей:
Комментариев:
Написано: 346


Depois de Um Hiato De 6 Anos

Вторник, 08 Декабря 2020 г. 19:29 + в цитатник


Brasil Poderá Ter dez Unicórnios No Futuro. simply click for source São Eles


“O meu desejo de perder gordura vinha muito mais disso, já que eu queria utilizar uma roupa ou um tipo, entretanto não conseguia descobrir para mim”, comenta. De uns anos pra cá, entretanto, ela e algumas mulheres gordinhas comemoram uma transformação significativa desse assunto, analisando na prática uma oferta muito superior de lojas que atendem ao público plus size. E mais: que oferecem peças modernas e antenadas com as principais tendências da moda. “Eu adoro de roupas coloridas, estampadas, shorts. E na atualidade tenho bem mais facilidade em encontrá-las”, anuncia Fernanda. Essa virada é reflexo de 2 estilos.


O primeiro deles faz fração de um movimento crescente pelo término de tabus da moda, como o de que mulheres acima do peso não conseguem utilizar listras, roupas coloridas ou que marquem o corpo. Os próprios consultores e especialistas em moda declaram que tudo podes, sim, desde que a pessoa se sinta bem e que respeite os seus go stos e o seu estilo. “Quem falou que não podes utilizar branco? Há alguns anos, a revista ‘Elle’ francesa fez uma capa com uma paradigma plus size toda de branco e o consequência ficou lindo”, salienta o consultor de moda Arlindo Grund. O outro semblante é que vários lojistas e fabricantes perceberam que este mercado pode ser bastante lucrativo.


Em meio à crise econômica, sempre que o simply click the next site de vestuário adulto de forma geral, apresentou queda na realização de 1,5%, o plus size cresceu 2,9%, segundo fatos da organização Iemi (Inteligência de Mercado). Lojistas e fabricantes chegam a marcar desenvolvimento de 30% a 35% nas vendas, como a marca Elegance, voltada ao público plus size. “É um This Webpage , que ainda tem muito espaço vago”, destaca Daniel Fonseca, diretor comercial e de marketing da marca. Marcelo Prado, diretor do Iemi, salienta que a procura por roupas plus size ainda é superior do que a oferta oferecida no mercado. visit the following web page da ABVTEX (Agregação Brasileira do Varejo Têxtil), Edmundo Lima destaca que as grandes marcas assim como estão de olho nesse segmento.


  • Educação: até R$ 3.561,cinquenta

  • RAFAELA citou: 26/07/doze ás 18:Vinte e nove

  • Bolsas de estudos

  • Pessoas com deficiência são exemplos de superação

  • Gestão de Estratégia - BSC



“Foi-se o tempo em que estes compradores tinham opções apenas em lojas especializadas e que não acompanhavam as tendências da moda. Os investimentos do varejo pela ampliação da grade de tamanhos e modelagens estão em evolução”, anuncia. O acrescento do Going At this website plus size em lojas populares, como Lojão do Brás, Marisa, Renner, Pernambucanas e Riachuelo, atende a uma reclamação antiga nesse público, que só encontrava roupas em marcas mais caras. “Há dois anos, observamos que a procura por peças plus size vem aumentando muito”, comenta Maxwelle Dutra, cooperar de visual do Lojão do Brás. Apesar dos avanços, as mulheres gordinhas destacam que ainda há muito a aperfeiçoar.


Faltam, principalmente, opções pra tamanhos acima do 52, além de lingeries e peças pra academia, a título de exemplo. Marcelo Prado, do Iemi, concorda. “Nós temos hoje uma população muito enorme que está acima do peso, contudo que se vira com roupas ajustadas em costureiras. Ainda há bastante coisa produzida pelos fabricantes que não pensam nas especificidades desse setor.


A maquiadora Niége Benedito, 26 anos, é exemplo disso. “Passei a vida inteira tentando perder peso e me sentindo inadequada por ser do jeito que eu sou. this post , o meu pai morreu de repente, em um acaso de carro, e isto foi um divisor de águas pra mim. click the following website , ela afirma que o mercado plus size melhorou nos últimos anos. “Mas ainda enfrentamos muito preconceito. As pessoas sentem-se ofendidas por a gente estar bem vestida.


Qual é o defeito da gente usarmos uma roupa bela, uma transparência? O meu corpo deixa de ser perfeito só porque eu sou extenso? A mulher plus size poderá tudo, desde que respeite o teu corpo”, destaca ela, que começou a carreira de paradigma em 2014, ao participar de um concurso de Miss Plus Size.

Метки:  

 

Добавить комментарий:
Текст комментария: смайлики

Проверка орфографии: (найти ошибки)

Прикрепить картинку:

 Переводить URL в ссылку
 Подписаться на комментарии
 Подписать картинку