-Поиск по дневнику

Поиск сообщений в pasqualegoodsell

 -Подписка по e-mail

 

 -Статистика

Статистика LiveInternet.ru: показано количество хитов и посетителей
Создан: 02.07.2018
Записей:
Комментариев:
Написано: 358


Como Utilizar As Redes sociais Para o Marketing B2B?

Пятница, 03 Мая 2019 г. 02:14 + в цитатник

Segundo o Banco Central



Existem 2 jeitos básicos de não acompanhar alguma coisa: no momento em que ela é rara e quando é abundante. A cota rara é acessível de aprender. Você quase não vê águias no céu das cidades, em razão de elas dificilmente voam em centros urbanos. Contrariando a intuição, também não vemos os pardais, já que são tão incontáveis que nem ao menos reparamos nele.


Por estarem por todo território tornam-se invisíveis. Ocorre com coisas utensílios e imateriais, com pessoas, A Estratégia Que Poderá Transformar A Forma De Micro E Pequenas Organizações Fazerem Negócios , comportamentos. Acontece com o nosso racismo. O racismo no Brasil, lamentavelmente, está por todo espaço. Algumas vezes a gente não vê, por causa de é pela falta que o racismo se faz presente. Você não vê um CEO negro na reunião da corporação, não localiza uma ginecologista negra quando marca uma consulta pelo convênio, não vê alunos negros pela sala de aula de um curso de engenharia na escola.


  1. App Lock
  2. Aumento de mais um menos 80% no engajamento do teu perfil
  3. Criar reconhecimento de marca
  4. Em que situações ele será importante
  5. sete Formas Simples para Anunciar um Evento nas Redes sociais
  6. Aprovar verba mensalmente com o consumidor
  7. 2 de dezembro de 2015 - 12:11

Isto é fruto de todo um sistema social que privilegia brancos desde sempre, que permite ao branco a ascenção social que nega aos negros. E, ainda que um negro consegue entender e ascender socialmente, muitas vezes é preterido por um candidato branco no meio do caminho. Isto no papel, ‘oficialmente’ porque, na prática, o sistema ainda é vigente, está impregnado pela cultura, pela língua e assim precisa ser apontado, destacado, pra ser mudado. Como dizia meu professor de Termodinâmica no curso de Física da USP, Henrique Fleming, ‘o óbvio só é óbvio quando é ressaltado’. É óbvio que existe muito racismo no Brasil e é só ressaltando e apontando a gravidade deste problema que poderemos, coletivamente, exterminá-lo.


“Ah, todavia mesmo que o racismo ainda exista, eu não sou racista, tenho até amigos que…! ” - dirão alguns, dirão muitos, diremos todos. E no ‘até’ a gente agora vê o preconceito. A pessoa nem percebe, contudo ao contar ‘eu aceito um médico negro sem problema, inclusive uma vez eu fui no oftalmo que era negro’.


Ou seja, é a exceção que confirma o fundamento de que o ESPERADO é que o médico seja branco. Em razão de está naturalizado em nossa cultura que dessa forma é, que deste modo tem que ser. Mas… como encontrar que é NATURAL esperar que todos médico seja branco num estado de maioria negra como o Brasil?


Não seria lógico, ‘natural’, esperar que, senão a maioria, no mínimo METADE dos médicos, engenheiros, professores, gerentes de banco, presidentes de empresa, fossem negros? Seria, se o universo fosse honesto, se a comunidade fosse equânime, se as oportunidades fossem similares, COMO DEVERIA SER. Como desejamos fazer com que possa ser. E por causa de estamos mudando (para melhor), como população, é Empresas Exercem Marketing Com Chegada Do Menino Real; Saiba Como Funciona o racismo nas mídias sociais, nos artigos, nos vídeos, em toda realização de conteúdo que caracteriza nossa população conectada que tem de tantos meios eletrônicos de frase. Corporação Fibracem Cresce 56% Em Faturamento Neste instante No Primeiro Trimestre meios são de alta velocidade, alcance planetário e provocam milhões de adolescentes e adultos. Sim, estou falando do caso do Júlio Cocielo.


Eu não o conheço pessoalmente. Sei que ele tem milhões de seguidores, é de Osasco, participava do Pânico fazendo aquele ‘humor de zuêra e molecagem’ e que casou recentemente. Se ele é bonzinho, humilde, bom feitio, se Se Feminista: 'Tento Fazer A Minha Divisão' , não sei contar. O que eu entendo é que vi preconceito, sim, em um tweet recente que ele publicou e em muitos artigos do passado que ainda estavam no ar e ele indisponibilizou.


A associação de ideias contida naquele tweet era nítida. Ele ligou o jogador francês Mbappé à ‘arrastão’. Um advogado de defesa podes tentar narrar (como Julio tentou, aliás) usar a velocidade como desculpa. ‘Mbappe corre tão depressa, é tão rapido, que poderia fazer um arrastão pela praia’. Será que a PRIMEIRA associação de ideias de VELOCIDADE é… arrastão? Membros de arrastão são os mais velozes do mundo?


Claro que não. Dessa forma não foi ‘apenas’ a velocidade. E no momento em que você diz ‘arrastão’ você pensa em quê? Numa forma de roubo em bando. E como é o bando? Mulheres norueguesas de biquini? Monges budistas de roupa vermelha? Não. Você fala ‘arrastão’ e pensa em um bando de moleques pobres que descem da favela para furtar velozmente os pertences de brancos que estão na praia.



 

Добавить комментарий:
Текст комментария: смайлики

Проверка орфографии: (найти ошибки)

Прикрепить картинку:

 Переводить URL в ссылку
 Подписаться на комментарии
 Подписать картинку